NOTÍCIAS

01 DEZ 2017

Pública Informa: Greve do dia 5 cancelada, mas mobilização continua!

  Fonte: Pública Central do Servidor

  Com o cancelamento da agenda de votação da Reforma da Previdência, inicialmente prevista para 06.12, as Centrais Sindicais deliberaram pelo cancelamento da Greve marcada para o dia 5.12.

  A pressão do movimento sindical mostrou-se fundamental. Dos servidores públicos com o trabalho parlamentar, atos e mobilizações mais ainda.

  A Pública solicita que cada entidade prossiga criando sua agenda própria de manifestações e atuações, independente da Greve,pois a soma das ações cria um ambiente político e de imprensa que inviabiliza o andamento da Reforma da Previdência a qualquer tempo neste Governo.

  Importa ressaltar que as ações e o trabalho parlamentar do movimento sindical dos servidores públicos foram decisivos para adiamento de votação da Reforma da Previdência

  Nos novos tempos de política e movimento sindical, nos quais categorias tradicionais do passado têm na atualidade menor expressão, o movimento dos servidores públicos em âmbito nacional tem feito toda a diferença. O recente adiamento da votação da Reforma da Previdência pela Câmara dos Deputados foi um sinal claro.

  Mobilizações constantes foram feitas em Brasília pelas entidades representativas dos servidores públicos, assim como trabalho de visitação aos gabinetes de parlamentares e ao próprio Presidente da Câmara dos Deputados. Essa rotina incessante, realizada por diversas lideranças que tem competências de atuação no Congresso Nacional , mostrou-se capaz de criar um ambiente de pressão e dúvidas a respeito da agenda de votação.

  A soma destas atuações, de diferentes entidades ao mesmo tempo, e com interconexão constante viabilizada pela existência agora de uma Central somente de servidores, como a Pública, evidenciou o novo momento da sociedade brasileira e do movimento dos trabalhadores. Sem dúvida, há um lugar de expressão para os servidores públicos!

  Assim ocorreu o adiamento da Greve marcada para o dia 5.12, visto ser essa data véspera da provável votação no dia 6.12 da proposta da Reforma da Previdência.

  Esse é o caminho e o espaço de liderança contra desgovernos e injustiças sociais a ser ocupado pelos servidores públicos e suas entidades. Essa é a realidade e portanto temos de fortalecer nossas organizações.


CONVÊNIOS

TODOS

GALERIAS

TODAS

OUTRAS NOTÍCIAS

TODAS